Que Destino Nos Aguarda?

Que Destino Nos Aguarda?

Como protagonistas do antropoceno, cabe a nós, seres humanos, a responsabilidade de construir um futuro instável, desafio que repousa em nossa capacidade de reengenharia, de nos reinventarmos, de acharmos soluções para os gigantescos problemas que nos aguardam, tanto como indivíduos, quanto em comunidade.

As projeções científicas acenam para um cenário desafiador, para um planeta super-habitado, cada vez mais urbano e com menos recursos disponíveis, onde poucos disporão de muito, e muitos disporão de quase nada. Teremos uma sociedade interconectada, embora altamente polarizadas, com abismos sociais e tecnológicos nunca vistos antes na história da humanidade.

Tudo indica que a sobrevivência da raça humana dependerá, sobretudo, da sua capacidade em lidar com as mudanças no clima, com as radicais alterações na biodiversidade do planeta, provocadas pela crescente degradação ambiental dos últimos séculos. O destino da raça humana, nesta ciclópica aventura vivida ao longo de milênios, nunca esteve tão próxima de um possível desfecho, e cada vez mais se concentra nas mãos do próprio ser humano, nas escolhas que fazemos hoje, e que nos conduzirão por caminhos de horizontes diametrais, com possibilidades diversas, uma escalada perigosa na qual, o único equipamento de segurança, será a engenhosidade humana.

Que Destino Nos Aguarda?
Voltar ao topo